NOTICIAS

Loading...

sábado, 4 de outubro de 2014

Principais Funções / Caracteristicas
.:: Bateria NiCd 650 mA;
.:: Potência de 2 Watts;
.:: Carregador de parede 110 Vac ou 220 Vac;
.:: Antena Heliflex;
.:: VOX interno;
.:: Clip de cinto;
.:: Manual de Operação;
.:: Frequências itinerantes autorizadas no Brasil;
.:: Capacidade de varredura de canais;
.:: Programação via comando áudivel;
.:: Temporizador de chamadas (Time out time);
.:: Conector para acessório de áudio.
.:: Espaçamento de Canal 12,5/25 kHz.
.:: 2 ou 4 canais
.:: Código PL
.:: Luz indicadora de Transmissão
.:: Alerta de Carga Baixa de Bateria

Yaesu Ft-60r | Ht Dual Band Vhf / Uhf | Radioamador


Voyager Vf-ps50ii | Fonte Chaveada 50a | Radioamador



http://mlb-s2-p.mlstatic.com/yaesu-ft-897d-transceptor-multibanda-e-modos-radioamador-13764-MLB2852395540_062012-O.jpg

quarta-feira, 30 de abril de 2014


O Governo do Estado de São Paulo já investiu, por intermédio da Secretaria da Segurança Pública, R$ 284 milhões no sistema de radiocomunicação digital da Polícia Militar. Entre os objetivos estão intensificar a segurança na comunicação policial, evitando a interceptação das mensagens por pessoas que não são da corporação; bem como o compartilhamento e integração de dados visando melhores resultados no atendimento à população.Os equipamentos adquiridos são de última geração e compatíveis com a rede de comunicação da PM, permitindo, desta forma, o compartilhamento e a integração de dados - que só é possível por meio do sistema digitalizado -, visando melhores resultados no atendimento à população.Além dos rádios digitais, algumas viaturas de grande porte foram equipadas com computadores de bordo, laptops e PDA's (Personal Digital Assistant) - para consultas on-line de placas de veículos, identidade de pessoas etc. Os equipamentos adquiridos fazem parte de um amplo sistema de telecomunicações que envolvem rádios, modems, centrais telefônicas 190/197, roteadores, repetidores, canais de alta velocidade e inúmeros softwares (programas).As viaturas equipadas com o novo sistema são, de certo modo, um centro de inteligência, pelo qual é possível obter, com muita facilidade, dados on-line e em tempo real. Desta forma, ganha-se tempo e otimiza-se o efetivo. Uma viatura equipada com notebook e palmtop torna o trabalho do policial mais ágil.O sistema permite, por exemplo, que no local da ocorrência o policial consulte um veículo, uma arma ou uma pessoa que está sendo abordada. É possível iniciar o registro da ocorrência sem usar a voz pelo sistema de rádio. Esse é o grande ganho. Futuramente, as ocorrências mais simples poderão até ser finalizadas no local do acontecimento.Os modelos que estão sendo adquiridos e implantados no Estado de São Paulo pela Secretaria da Segurança Pública são os mesmos utilizados pelas forças policiais dos Estados Unidos, Austrália e Canadá, entre outros países onde a comunicação policial é referência.A tecnologia digital continua sendo implantada e o objetivo da Secretaria da Segurança Pública é equipar todos os 645 municípios do Estado de São Paulo, priorizando aqueles onde os índices de criminalidade são maiores. O novo sistema permite a intercomunicação das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica - por meio da integração de redes específicas, visando realizar operações conjuntas.


Estudos e medições dos parâmetros associados às descargas atmosféricas vem sendo feitos há bastante tempo e em varias regiões do planeta. Apesar do volume de dados obtidos muitas dúvidas permanecem. Os parâmetros e a descrição do fenômeno apresentados a seguir retratam um conjunto de dados que representam uma média dos valores obtidos.
    Um descarga para a terra processa-se em várias etapas, começando sob a forma de pequenas descargas originadas na nuvem e em direção a terra, que seguem um percurso tortuoso geralmente ramificando-se. Estas descargas não são contínuas mas se processam em etapas de algumas dezenas de metros e com intervalo de repouso de algumas dezenas de microsegundos. Estas primeiras descargas são chamadas descargas piloto.


Marca-passos cardíacos implantados e desfibriladores podem sofrer interferência de radiofreqüências. Por isso, as pessoas que os utilizam precisam se informar com seus médicos para determinar o risco de interferência.

Todos os dias, muitas pessoas são expostas a ondas eletromagnéticas de radiofreqüências de baixa intensidade, provenientes de diversas fontes, sem perceber qualquer efeito. Apesar disso, pesquisas científicas continuam investigando a possibilidade da existência de efeitos ainda não detectados. Quando expostas a campos eletromagnéticos intensos, algumas pessoas podem apresentar aumento na temperatura do corpo, mas a população em geral não se aproxima o suficiente das antenas transmissoras para sentir esses efeitos. O acesso às antenas é protegido por cercas ou edificações que impossibilitam essa aproximação, principalmente nos.